BlogBlogs.Com.Br

sábado, 3 de outubro de 2009

Já não bastasse a TPM, cólica, parto, cera quente...

Ainda tem a síndrome dos ovários policisticos!



O que é?
É a presença de cistos em um ou nos dois ovários, que alteram totalmente o ciclo menstrual para mais ou para menos, e produz outros diversos impactos no corpo feminino devido a disfunção hormonal.

Ela gera tremendo desconforto, cólicas terríveis durante o período de menstruação, inchaço, obesidade (devido a alteração hormonal que causa no corpo) e ainda: pelos no rosto!

Você já viu mulheres que têm pelos debaixo do queixo, como uma barba, e até nas costeletas perto das orelhas? Pois é, este é um dos sintomas da síndrome.

Uma vez que o tratamento para esta síndrome é baseado em hormônios, na maioria das vezes se dá através de anticoncepcionais, a única solução para os pelos é a depilação a laser. Esse tipo de depilação precisa ser feita em várias sessões para eliminar de vez os pelos incômodos e indiscretos, e infelizmente não custa pouco.

Eu sou portadora da síndrome, assim como minhas três irmãs e minha mãe, que acabou desenvolvendo um nódulo no útero decorrente do uso de hormônios durante uma vida toda. Aos 9 anos tive meu primeiro ciclo, aos 14 comecei a tomar anticoncepcionais para controlar a menstruação que não parava de vir, ao contrário de outras portadoras da síndrome do ovário policistico (como minha irmã mais velha) que não tem o ciclo, eu tinha em excesso, e infelizmente sofro com muitos pelos no rosto!

Como não tenho recursos para a depilação a laser, apelo para a pinça, já que a depilação convencional pode ocasionar a flacidez da região abaixo do queixo, com as puxadas bruscas necessárias (vocês conhecem o processo).

Pensando em trazer o assunto para o blog na semana passada, me deparei coincidentemente com o post da Ana, que fala da importância da alimentação saudável para ajudar a minimizar os impactos que esta síndrome tem sobre nosso corpo, e as dicas são ótimas!

Se você apresenta algum sintoma, ou conhece alguém que apresente, procure o ginecologista e peça o exame para identificar a síndrome (ultrasonografia).

Mais informações a respeito da síndrome dos ovários policisticos [aqui].

2 Originalidades compartilhadas por aqui:

Olhos e pensamentos disse...

mulher sofre, né?eu descobri q depois do parto fiquei com varizes pélvica, é mole? depois que eu tive minha filha, minhas cólicas ficaram muito mais doloridas e sofridas, aí em uma ultra a médica descobriu meu utero cheio de varizes...diz ela que é comum demais, incomum sao as dores..rsrsrs

Uma Mulher de Fases disse...

Oi Raquel, eu também tive e sabe que não sei se tenho mais, sempre ouvi dizer que isso atrapalharia para engravidar, fiz uso de anticoncepcional dos 14 aos 19, e no mês seguinte, engravidei, depois das gestações as cólicas diminuíram.
Gostei do texto!
Utilidade pública, rs.

beijos