BlogBlogs.Com.Br

terça-feira, 1 de junho de 2010

Destilando o veneno...


Não sou de fazer fofoca, normalmente isso não me agrada pelo contrário, incomoda.

Massss... Fazer o que, né? Eu sou mulher e de vez em quando a gente tem que botar para fora aquele comentário!

Então lá vai: Geise Arruda. Quem é que não conhece a história né? Minha irmã mais velha cursa letras no mesmo campus que a garota, e ela sempre a via usando micro roupas para a faculdade, não era novidade nenhuma.

Enfim, o meu comentário é o seguinte: aqui dentro da empresa, uma companhia familiar, conservadora (sério, de tão conservadora é difícil implantar mudanças e melhorias), chego cedo antes das 08h30 e me deparo com uma moça usando o mesmo vestido da Geise!

Juroooo! A menina usando um vestidinho micro, colado na bunda, com meia calça e bota cano longo, e a única coisa que tinha para aquecer o frio era um casaquinho de linha meia estação.

Não pude evitar, a imagem da Geise Arruda veio na minha mente no mesmo instante, e pensei: "só falta dar problema de assédio aqui na empresa agora".

Por um lado, acho que isso também ocorre devido a falta de política de conduta, a empresa apesar de ter mais de 30 de mercado não tem uma estrutura organizacional bem definida, no que se refere a procedimentos, políticas e normas.

Mas por outro, vem cá, um pouquinho de bom senso em separar o que se veste na balada e o que se veste no trabalho onde todos trajam roupa social, é o mínimo que se espera de um profissional, não?

Bom, mas agora que eu já coloquei meu lado fifi para fora, deixa eu voltar ao trabalho... hehehehe

5 Originalidades compartilhadas por aqui:

Cíntia disse...

Olá Raquel!!!!Concordo com vc, um pouco de bom senso no serviço é fundamental para um profissional,mas nem todos tem isso!!!!Beijoss e boa semana.

Luciana Klopper disse...

com certeza se deveria ter bom senso, mas como isso não se compra, nasce com a pessoa nem todos tem, né?
bjs

Ge Rocha disse...

Não que na faculdade deva ser tolerado, mas no trabalho é muito pior né. A empresa não precisa dizer o que o funcionário tem que vestir, é questão de profissionalismo.

Silvia Freitas disse...

É, infelizmente não são todas que tomam simancol....E na boa, nada ver esse lance da Geyse arruda. Agora quer ser artista, veja só....

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, pior (ou deveria dizer melhor) que a Geisa Arruda está caindo no esquecimento...

O RH não deveria fazer, ou ser consultado, sobre as normas de conduta de como se vestir?

Fique com Deus, menina Raquel Cecília.
Um abraço.